AMSTERDAM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pelos canais de Amsterdão, foi onde viemos conhecer em primeira mãe a nova coleção da Parfois.
Sem pistas ou sinais do que se ia passar, voámos apenas com um destino – Amsterdão e como já era de esperar, a experiência não desiludiu.

As surpresas começaram no momento do check-in, onde ficámos hospedadas num hotel green-friendly bem ao estilo holandês, no meio de um parque natural. Com vista para os canais de Amsterdão, o Park Hotel é como uma galeria de design bem ao estilo holandês, com linhas minimalistas, green-friendly e peças de arte espalhadas por toda a parte. E para além disso têm um incrível bar onde acabámos o dia com um belo copo de vinho e um pôr do sol maravilhoso. E este foi o ponto de partida para uma aventura #NOTAG.
O conceito #NOTAG é o mote da nova coleção Parfois, que não podia ter mais a ver com Amsterdão, a cidade onde se respira liberdade, sem filtros e sem estereótipos, onde a diversidade se faz sentir por entre as ruas. #NOTAG representa um mundo sem hashtags, porque tags são para marcas e não pessoas, afinal, o rosa não é uma cor para meninas, e as flores não são só para pedidos de desculpas. A Parfois decidiu abraçar a liberdade de expressão e acabar com os estereótipos e trouxe para esta nova estação uma coleção pensada para cada um de nós, sem tags.
Depois deste final de dia incrível, com um sol incomum em Amsterdão , a primeira impressão foi muito pouco cinzenta como estamos habituados nesta cidade (afinal o cinzento faz parte da sua magia) com um sol radioso que inundava os canais de luz, mas o melhor ainda estava para vir …
 
Começámos o segundo dia desta experiência #NOTAG a conhecer a nova coleção Parfois, num loft bem ao estilo holandês. A coleção é feita para todos os gostos e vai desde inspirações africanas, com tons terra e padrões étnicos até às paisagens campestres, com tons azuis, peças de linho e cestos de ráfia.
 
De seguida rumámos ao almoço sem ideia do que poderia ser, mas com a certeza de que seria incrível. Afinal, Amsterdão é a cidade do brunch, cheio de espaços inspiradores, vegan-friendly e comida deliciosa. E confesso que era capaz de viver de brunchs toda a vida, e para isso estava no local certo. O espaço escolhido foi o Benji’s, onde a seleção foi minuciosamente escolhida com pratos deliciosos, por entre iogurtes orgânicos, granola caseira, banana bread e como não poderia deixar de ser tostas de abacate de comer e chorar por mais.
 
Mas a maior surpresa ainda estava por vir. Entrámos num carro sem destino. Apenas com a promessa de que nos iria impressionar… Já fora do centro da cidade, chegámos ao destino- um parque de skate cheio de graffitis e estávamos longe de adivinhar o que iríamos fazer ali. E a surpresa estava bem à frente dos nossos olhos. Latas a postos, tintas de todas as cores, fatos macaco, máscaras que contrastavam com os brincos grandes, os anéis e os óculos de sol que trazíamos. Tínhamos à nossa espera um workshop de grafittis. A prova de que não existem estereótipos, afinal, grafittis não é trabalho de vândalos, é uma arte e nós, raparigas, mesmo cheias de brincos e anéis também podíamos grafitar (mesmo que fossem corações cor-de-rosa nas paredes).
 
E assim acabou a nossa experiência em Amsterdão, sem tags, sem estereótipos e sem planos. Apenas com a promessa de que iríamos ter uma experiência única, e assim o foi.
Amsterdão é uma cidade única, onde se respira liberdade e arte e não podia ter sido melhor escolha para estes dias. Um grande agradecimento à Parfois por esta experiência única.
_______________________________________________________________________
 
Through the canals of Amsterdam, the place chosen to take the portuguese crew to meet the new Parfois collection.
Without signs of what was going to happen, we flew only with a destination – Amsterdam and as expected, the experience didn’t disappoint.
The surprises started in the moment of check-in, where we stayed in a green-friendly Dutch-style hotel in the middle of a natural park. With an amazing view to the canals of Amsterdam, the Park Hotel it’s also Dutch-style design gallery with minimalist lines, green-friendly and works of art in every corner. And in addition to this, they also have an amazing bar where we ended the day with a glass of wine and a wonderful sunset. And this was the starting point for the #NOTAG adventure.
#NOTAG concept is the motto of the new Parfois collection, which couldn’t be more related with Amsterdam, the city we smell freedom everywhere, without filters or stereotypes, where diversity is felt through the streets. #NOTAG represents a world without hashtags, because tags are for brands and not people, after all, pink is not just for girls, and flowers are not meant for apologies. Parfois decided to embrace freedom of expression and end up stereotypes and took to this new season a collection designed for each one of us, without tags.
After this incredible end of day with an unusual sun in Amsterdam, the first impression was not gray as we are used in this city (after all gray is part of its magic) with a radiant sun spreading light through the channels, but the best part was still to come …
 
We started the second day of this #NOTAG experience in a cool loft in the middle of the center to meet the new Parfois collection. The collection is made for all tastes from African inspirations, with earthy tones and ethnic patterns to the countryside, with blue tones, pieces of linen and wicker baskets.
Then we went for lunch with no idea what it might be, but certain that it would be incredible. After all, Amsterdam is the city of brunch, full of inspiring, vegan-friendly spaces and delicious food. And I confess I was able to live on brunches my whole life, and for that I was in the right place. The space was Benji’s, where the selection was meticulously chosen with delicious dishes, among organic yogurts, homemade granola, banana bread and my lovely avocado toast (to eat and cry for more).
 
But the biggest surprise was yet to come. We enter once again in the car with no destination. Only with the promise that it would be unique… Out of the center of the city, we reached the destination – a skate park full of graffiti and we were far from guessing what we were going to do there. And the surprise was right in front of our eyes. Bottles of tint, colors, monkey suits, masks that contrasted with the big earrings, the rings and the sunglasses we brought. We had a graffiti workshop waiting for us. The proof that there are no stereotypes, after all, graffiti is not the work of vandals, it’s an art and we women, even full of earrings and rings we could also do grafittis (even if they were pink hearts on the walls).
 
And with this, we finished our experience in Amsterdam, without tags, stereotypes and without plans. Only with the promise that we would have a unique experience, and so it was.

 

Amsterdam is a unique city that breathes freedom and art and couldn’t have been a better choice for these days. A special thank to Parfois for this unique experience.